(35) 3435-1611 (35) 98863-5371
Sindicato

Sede da CNM/CUT é alvo de ataque em São Berna

O STIMEIC se solidariza com a CNM/CUT e FEM/CUT-SP pelo brutal ataque ocorrido esta madrugada na sede destes e deseja que haja uma investigação rígida para punir os agressores desta ação contra estas entidades históricas de luta pelos direitos dos trabalhadores e da sociedade brasileira

 

Atentado aconteceu na madrugada desta quinta-feira (26). Presidente da entidade condena ataque covarde e onda de ódio e intolerância contra a democracia e suas instituições no país.

vidro 1

Fachada de vidro foi parcialmente destruída

A sede da Confederação Nacional dos Metalúrgicos da CUT (CNM/CUT) e da Federação Estadual dos Metalúrgicos da CUT/SP foi atacada na madrugada desta quinta-feira (26). O prédio que abriga as duas entidades fica na avenida Antártico, 480 (Jardim do Mar), em São Bernardo do Campo.

A fachada de vidro foi destruída e estilhaços estão espalhados pelo saguão e calçada. A área está isolada. O presidente da CNM/CUT, Paulo Cayres, informa que está aguardando a polícia para as providências e que disponibilizará imagens das câmeras de segurança para auxiliar na apuração dos responsáveis pelo ataque.

vidro 2

“Esperamos que esse atentado não seja fruto da intolerância e do ódio contra instituições democráticas e representativas que lutam para assegurar igualdade de direitos e justiça social. Vamos exigir a apuração séria, até que os responsáveis por este ato covarde sejam punidos. O Brasil e sua população não podem ficar refém daqueles que não sabem conviver com quem não quer o retrocesso e atitudes golpistas”, destaca Cayres.

A Confederação representa um milhão de metalúrgicos em todo o país. Desse total, 270 mil estão na base da FEM-CUT/SP.

Fonte: CNM/CUT