(35) 3435-1611 (35) 98863-5371
Notícias
Alexandra Amaral/ Stimeic

FUTURO DO TRABALHO, SAÚDE E SEGURANÇA SÃO TEMAS DE ENCONTRO DOS CIPEIROS DO STIMEIC

Na parte da manhã o tema debatido foi o Futuro do Trabalho, um tema trazido pela 4ª Conferencia Nacional de Formação da CUT, para a etapa local (Sindicato/base). Este tema trouxe um debate rico onde os trabalhadores e trabalhadoras puderam expor suas expectativas, mas também suas preocupações quanto ao futuro do trabalho com a 4º Revolução industrial (chamada de indústria 4.0), assim coletivamente também construímos contribuições para a etapa estadual e sucessivamente para etapa nacional da 4ª Conferencia. 

"Foi muito importante à oportunidade de debater com os trabalhadores e diretores sindicais da base do STIMEIC, como será este novo mundo do trabalho? Quais as novas profissões que surgirão? Quais as funções que irão desaparecer? Qual será este futuro? Com tantas mudanças, como será o futuro do trabalho com estas novas tecnologias e inovações. Qual será o poder de decisão dos trabalhadores? O fato é que todas estas inteligências ligadas à indústria 4.0 estão nas mãos das matrizes das empresas instaladas aqui Brasil. O que deixa cada vez mais difícil entender toda esta transformação cultural e estrutural da sociedade, onde cada vez mais o capital é acumulado nas mãos de poucos, gerando aumento de desigualdades sociais  e muito mais. Temos muitos avanços nas tecnologias que trás muitas coisas boas para todos, mas temos juntamente com tudo isto uma reforma Trabalhista que precarizará  o trabalho e que dá muito poder para os empregadores.  Isso preocupa os trabalhadores e trabalhadoras deixando o questionamento de como vai ficar a situação do futuro de  nossos filhos e netos, será que avançamos tanto assim em nosso país, ao ponto que todas estas tecnologias vão  chegar de fato a todos os brasileiros? Um dos principais personagens dessas mudanças deveria ser o estado, o qual, vemos pouca participação em fomento para pesquisas e desenvolvimento . Não existe uma pauta politica no governo com participação de representantes dos trabalhadores, Universidades e poder público. Isto poderia ser mostrada qual direção ser tomada por todos. Mais uma vez somos reféns do sistema financeiro que acaba financiando todo esse processo de mudança. A 4ª conferencia Nacional  de formação da Central Única dos Trabalhadores vem para dar uma nova visão aos dirigentes sindicais, e provocar um grande debate no congresso Nacional da Centra, onde vamos debater qual melhor modelo de formação queremos para o futuro.  E o futuro que é agora.... Diz o Secretário de Formação da CNM/CUT José Roberto Nogueira da Silva (Bigodinho), trabalhador na Volkswagen.

No período da tarde debatemos a saúde dos trabalhadores e trabalhadoras no ambiente da fábrica, Foi utilizada a ferramenta Oficina de Saúde do programa Rede Vida Viva. Como muitas das vezes culpabilizamos os trabalhadores das causas e motivos da doença/acidente, sem fazer uma analise mais profunda do processo. Como proteger os trabalhadores das pressões diárias, como podemos em conjunto transformar e melhorar o ambiente de trabalho? Estas são as questões levantadas, mas a resposta só vem coletivamente, não temos como construir um ambiente seguro se não pudermos contar com todos os trabalhadores e trabalhadoras.

Tivemos um dia muito produtivo, onde tivemos oportunidade de discutir conceitos de segurança no trabalho, com base nos temas propostos pela equipe do sindicato e também através da interação com os colegas das empresas participantes. Além disso, conseguimos refletir sobre o papel dos trabalhadores no atual momento socioeconômico e tendências de mercado (indústria 4.0). Diz o trabalhador José Carlos.