(35) 3435-1611 (35) 98863-5371
Notícias

Acordos com chineses consolidarão condição de potência econômica do Brasil

Brasil receberá cerca de R$ 160 bilhões de chineses para investimentos em infraestrutura

brasil china maior

Acordo bilateral entre Brasil e China irá beneficiar o setor metalúrgico brasileiro

“Investimento chinês irá consolidar o Brasil como quinta potência econômica mundial”, afirma o analista político Paulo Vannuchi, em sua coluna na Rádio Brasil Atual de hoje (19), ao analisar a visita do primeiro-ministro da China, Li Keqiang, ao país.

O Brasil receberá US$ 53 bilhões (ou aproximadamente R$ 160 bilhões) do país oriental para investimentos de infraestrutura e logística. Vannuchi lembra que o acordo é uma boa notícia, porém a grande mídia veda a veiculação de fatos positivos, para dizer que o país acabou.

Serão assinados 30 acordos bilaterais, além do financiamento chinês da ferrovia transcontinental, ligando o Rio de Janeiro ao Peru. “Ela tem uma grande importância na reconfiguração da economia brasileira, pois liga diretamente ao Pacífico com um frete mais barato.”

Investimentos chineses de US$ 53 bi desapontam quem aposta contra o Brasil

"Além dessas obras, serão outros dois de muita importância: a compra de 40 aviões da Embraer, que cria empregos no setor metalúrgico, e mais ainda, a abertura do mercado chinês para a carne bovina do Brasil. Dá pra imaginar as perspectivas que isso abre para a expansão de um setor que já é um dos mais importantes do mundo”, afirma Vannuchi.

Nos últimos meses, o Brasil, tem recebido um fluxo crescente de investimento estrangeiro e não apenas da China, diz o analista. "O que derruba completamente essa armação da mídia de que o país acabou. Pelo contrário, nenhum investidor capitalista vai colocar bilhões de dólares num país se não tiver segurança de que a dificuldade econômica é passageira."

Fonte: Rede Brasil Atual